Ela viu que não era mais capaz de sustentar um amor. Que não tinha a capacidade de acolher um sentimento tão grande. Muito menos coragem. E quando percebemos que não somos capazes de fazer o básico, amar como prometemos amar, devemos fazer isso mesmo. Colocar o rabo entre as pernas e sair pela porta que jamais deveríamos ter entrado. Ou melhor: a porta que jamais deveriam ter aberto.

– Diário de um sonhador

Que tal dizer algo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s