As luzes já não refletem mais tanta luz. Houve um tempo em que eu sorria ao ver toda essa decoração. A alegria não era pelas decorações, é claro, mas sim pelo que representavam para a minha vida. A cada ano eu me sentia mais maduro e entendia o simbolismo da data. Os anos foram passando e eu até passei a entender melhor a razão de ganhar roupas e não mais brinquedos que, mesmo assim, eu esperava ganhar. E tudo era tão pequeno, se comparado ao fato de ver a família reunida. Me sentia abraçado de uma maneira inexplicável. Todos sorriam e brincavam. O cheiro da comida às 18hs. Lembro que ajudava em algumas coisas e aproveitava para experimentar a torta salgada que eu sempre gostei. É… Eu não lembro mais do gosto, mas posso sentir a sensação que o gosto me causava. Sabe, eu espero sentir esse gosto novamente algum dia. Apesar de não estar feliz agora, eu agradeço a Deus por cada momento que me proporcionou esse ano, pelas graças que me deu e pelo amor que me presenteou. Eu estava precisando, pois já estava secando por dentro.

Posso ter perdido muita coisa esse ano, eu sei, mas ganhei um apoio para a vida inteira. Da qual eu irei compartilhar os melhores e piores momentos.

Estando triste ou não, é preciso agradecer o ar que se respira, a visão que se tem e a saúde para caminhar. E que a luz do senhor permaneça no coração de todos nós. Amém.

Anúncios

Que tal dizer algo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s