Há certo tempo recebi uma pergunta (comentário) de um leitor, que dizia, sem acréscimos: “Oi Diário! Bom dia! Muito lindo esse post. É exatamente como me sinto. Eu gosto de ler suas postagens, porque você escreve fácil. Não usa palavras difíceis. Me entende? Isso facilita a leitura. Obrigado. Fica com Deus.” − Eu sei que faz tempo, mas o comentário – super relevante – me veio à cabeça hoje a tarde. Senti vontade de falar sobre, e aqui estou. 

Quando eu estava muito apaixonado, em 2012, no dia 27 de Janeiro para ser mais exato, criei esse blog. (O blog descreve a data como 28, por seu fuso ser diferente do Brasil) Eu escrevia diariamente. Eram mais de 5 posts por dia. As postagens nunca se repetiram, exceto propositalmente em posts específicos. Já costumava escrever em um velho “caderno” de anotações, desde “pirraia”. Não era um Diário, mas o chamava de Caderno dos Sonhos. Eu nunca disse isso pra ninguém. O nome se dava ao fato de eu acordar de madrugada, e escrever coisas que me vinham à cabeça. 

Criei esse espaço para fazer exatamente o que eu fazia manuscrito: escrever sobre meus sentimentos. O fato “estar apaixonado” contribuiu, também. Me inspirava, me trazia muita felicidade, e eu transcrevia o que sentia. E é por isso que a “linguagem é fácil”. Escrevo como me sinto, o que estou passando, e o que eu gostaria que acontecesse, além de muitas outras coisas. Não sou profissional. Não procuro imitar o jeito de ninguém. Aqui está a essência dos meus pensamentos. Da minha vida. Isso aqui é tão importante para mim, quanto o meu coração é para o meu corpo. 

— F Zarzar

Anúncios

Que tal dizer algo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s