Arrancando pedaços da grama com uma mão, apoiando o queixo com a outra, e o braço firme em cima das pernas cruzadas, ela disse:

— Talvez, o amor nem seja essas coisas todas.

Fiquei quieto por uns minutos, observando sua expressão de decepção. Eu sabia que ela estava falando dos sentimentos que andava sentindo. Era pessoal. E eu quis dizer algo simples na hora, mas que ela entendesse de uma vez por todas. Então, olhei para o lado e peguei algumas pedrinhas junto as plantas. Uma delas era a maior de todas. Coloquei a maior no centro e as pequenas ao redor dela.

— Está vendo isso? – perguntei.
— Sim. Pedras! O que tem?
— O amor não é essas coisas todas, de fato. É uma coisa só, vindo de muitas outras coisas. – expliquei, apontando da pedra maior para as menores. — Talvez, essas coisas todas aqui, é que não sejam amor. 
— Diário de um sonhador/Celeste
Anúncios

2 comentários em “

Que tal dizer algo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s