A vontade que eles tinham de ser felizes juntos era incrível. Juntos, colados, abraçados, entrelaçados, deitados no tapete da sala, olhando para o interminável branco do teto, como quem quer sonhar por tempo indeterminado. Era incrível o sorriso dela para ele, como se dissesse: “só você me entende”. Incrível, ainda mais, era o olhar dele para ela, como se pensasse: “só você me entende”. Tão bonito. Eram felizes daquela forma. Ela, deitada na cama, imaginando o abraço no tapete. Ele, deitado no sofá da sala vazia, imaginando aquele olhar. Não precisavam estar juntos para sentir todo aquele amor, mas desejavam o momento há muito tempo. É uma verdade incontestável: algumas vezes na vida, o real está mais dentro do que fora.

—Diário de um sonhador/Um Sorriso Para Dois Amores

Anúncios

Que tal dizer algo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s