“Às vezes ele é tão bobo, é tão curto, é tão inesperado ou esperado, é esquecido, muitas vezes está apenas esperando ser chamado. Reacende, e faz sorrir. Conforta e acalma. Traz paz, traz demais, um bem que nada mais consegue trazer. Ele, de tão pequeno em palavra faz-se tão grande em sentimento. Ele que faz sentirmos realmente lembrados, mesmo quando nem mesmo o mundo percebe que estamos ali. “Te amo”, que de tão pequeno ficou tão grande.”

— Diário de um sonhador

Anúncios

Que tal dizer algo?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s