Ser você mesmo te custa um sonho, um sentimento. Te custa uma dor e um sorriso. Ser você mesmo é mais difícil que ser alguém que você gostaria de ser. Ou ser o “você” que gostaria que fosse. Ser você te custa, muitas vezes, uma só lágrima. Ou um rio. Às vezes, ser você mesmo te custa a própria vida. 

– Diário de um sonhador